Veja o que está em cartaz no Teatro Caleidoscópio e programe-se.
+ Mais
 
  Teatro para adultos, adolescentes e crianças. Confira a programação de cursos do Teatro Caleidoscópio
+ Mais
 
Cadastre-se em nossa newsletter e receba as informações, novidades e promoções do Teatro em seu e-mail.
Nome: E-mail:
   
  Clique aqui e acompanhe a programação do Teatro Caleidoscópio  
QUEM ÉS TU, CORIOLANO? 2000
Livre edição da obra Coriolanus, de William Shakespeare, por Cesário Augusto

Direção e interpretação
Cesário Augusto e André Amaro

Iluminação
James Ferstenseifer/Aldo Bellingrodt

Extraída da obra Coriolanus (1608), de William Shakespeare, a montagem foi concebida para que dois atores se revezassem nos vários papéis da tragédia. A trama de desenvolve no período em que romanos e vólcios (bárbaros invasores) estão em guerra pelo domínio da região de Coríolos e retrata a fome do povo romano, os mandatários do poder utilizando manobras políticas ilícitas e a diferença entre patrícios e plebeus.

A História - Caio Marcio é um general romano reconhecido pelo povo e pelas elites. Suas conquistas bélicas configuram boa parte dos benefícios de que goza a República. Os comuns, entretanto, reclamam que o trigo pilhado em guerra não chega às suas bocas. “Que morram!” – responde o general. Os nobres, por sua vez, atribuem a falta de comida à má colheita. “Os deuses, não os nobres, é que a fazem”, diz o cônsul Menênio. A eleição de Tribunos para representar o povo não agrada Caio Marcio. Para ele, os conchavos políticos servem apenas para reafirmar a ineficácia de insurreição de uma gente “ignorante e ingrata para com os seus dirigentes”. Prefere a guerra. Convoca o povo a disputar a região de Coríolos, numa guerra contra os vólcios, bárbaros invasores liderados por Túlio Aufídio. Depois da vitória, Caio Marcio se recusa a expor suas feridas de guerra à plebe em troca de votos que o tornariam cônsul. “Só quero que me esqueçam, como esquecem as virtudes que os sábios neles gastam”, dispara. A ofensa faz o povo conspirar e, acusado de traição, Caio Marcio é expulso de sua pátria. O céu então se abre sob a ira de Marte!.


 Voltar